sábado, março 20, 2010

O “novo” ateísmo em discussão

IHU On line- Revista do instituto Humanitas da Unisinos:

Leia nesta edição
PÁGINA 01 | Editorial

A. Tema de capa
» ENTREVISTAS

PÁGINA 05 | Marcelo Fernandes de Aquino: A religião como fato cultural passa a ser apenas objeto da filosofia

PÁGINA 10 | Paulo Margutti: Novos ateístas. Apóstolos da racionalidade contra a barbárie?

PÁGINA 19 | John F. Haught: Uma teologia da evolução precisa mostrar que a fé bíblica não contradiz o caráter
evolutivo do mundo

PÁGINA 24 | Lodovico Galleni: Negar a historicidade do fenômeno evolutivo é um erro como elevar o darwinismo a um
dogma

PÁGINA 32 | João Vila-Chã: A fúria do ateísmo contemporâneo tem cariz quase religioso

PÁGINA 37 | Alister McGrath: “Em vez de reduzir a influência do fundamentalismo, Dawkins está piorando as coisas”

PÁGINA 40 | Álvaro Valls: “O que Dawkins vem fazendo atualmente não é ciência, mas sim uma pregação de suposições
filosóficas indemonstráveis”

PÁGINA 44 | Luiz Felipe Pondé: “Esse livro do Dawkins é uma auto-ajuda para ateus inseguros”

PÁGINA 47 | Michel Onfray: As ficções religiosas existirão enquanto houver humanos

PÁGINA 50 | Richard Swinburne: Fé e razão podem ser facilmente reconciliadas



Nenhum comentário: