quinta-feira, maio 24, 2007

Morre Stanley Miller

Morre Stanley Miller, pioneiro em estudos sobre a origem da vida

Famoso experimento do cientista em 1953 criou biomoléculas em laboratório

Morreu domingo nos Estados Unidos aos 77 anos o bioquímico Stanley Miller, um dos pioneiros nas pesquisas sobre a origem do DNA e da vida.

O cientista se tornou conhecido por meio do trabalho que realizou em 1952 ao lado de seu então orientador Harold Urey, morto em 1981.

Em um experimento de laboratório, os dois mostraram como moléculas orgânicas complexas poderiam surgir espontaneamente a partir de outras mais simples.

Miller criou uma mistura de gases semelhante àquela que poderia existir na Terra primordial, aplicou sobre ela descargas elétricas e obteve aminoácidos -os blocos moleculares essenciais das proteínas que compõem as células.

"A origem da vida é relativamente simples, e existe uma gama de condições sobre as quais pode aparecer. Uma vez feitos os aminoácidos, os outros passos são mais tranqüilos", disse o cientista numa entrevista em 1996.

Decifrar esses passos, porém, continua sendo um dos maiores desafios da biologia.

Miller, professor da Universidade da Califórnia em San Diego, tinha sofrido uma série de derrames cerebrais iniciados em 1999. Após se aposentar, mudou-se para a clínica de repouso onde morreu.
(Folha de SP, 24/5)

Nenhum comentário: